Paraná

Dois homens são presos suspeitos de integrarem organização criminosa responsável por mais de 20 assassinatos em Ponta Grossa, diz polícia

dois-homens-sao-presos-suspeitos-de-integrarem-organizacao-criminosa-responsavel-por-mais-de-20-assassinatos-em-ponta-grossa,-diz-policia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Prisões ocorreram em Paranaguá, no litoral. Organização criminosa é suspeita de mais de 20 homicídio em Ponta Grossa entre dezembro de 2020 e outubro de 2021
Reprodução/ RPC Ponta Grossa
Dois homens suspeitos de integrarem uma organização criminosa responsável por mais de 20 homicídios em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, foram presos na quarta-feira (20), de acordo com a Polícia Civil.
As prisões ocorreram em Paranaguá, no litoral do estado, pela Polícia Militar (PM). Fernando Jasinski é o delegado do Setor de Homicídios de Ponta Grossa que comanda a investigação. Segundo ele, os suspeitos tentaram fugir, entretanto foram capturados.
Também foram apreendidas uma pistola, com numeração de série raspada, e um carregador estendido.
Os homicídios foram motivados, conforme as investigações, por disputa e cobrança de dívidas do tráfico de drogas entre dezembro de 2020 e outubro de 2021. Entre os mais de 20 assassinatos, entra a morte da adolescente Rafaela Nascimento Rodrigues, em junho de 2021, que tinha 17 anos.
Relembre crimes atribuídos à organização criminosa.
A polícia afirma que a organização criminosa agia de maneira extremamente violenta e que todas as vítimas tinham histórico com o crime.
Jasinski afirmou que um terceiro suspeito foi preso ainda em dezembro de 2021, após a divulgação de fotos dos investigados.
Assista aos vídeos mais assistidos do g1 Paraná
Veja mais notícias da região em g1 Campos Gerais e Sul.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima