Paraná

Motoristas são flagrados cometendo infrações para acessar a BR-277 em Foz do Iguaçu

motoristas-sao-flagrados-cometendo-infracoes-para-acessar-a-br-277-em-foz-do-iguacu
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Imagens mostram carros usando canteiro central como atalho para invadir rodovia e entrar na fila em direção ao Paraguai. Infração é considerada gravíssima e motorista flagrado pode perder 7 pontos na CNH além de pagar multa de R$ 880. Motoristas são flagrados cometendo infrações para acessar à BR-277
Imagens feitas pela RPC às margens da BR-277 em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, no sentido a Ponte da Amizade, mostram uma série de infrações cometidas por motoristas que transitam pela região. Veja vídeo acima.
Imagens feitas pela RPC mostram motoristas cometendo uma série de infrações de trânsito para acessar a BR-277, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, no sentido a Ponte da Amizade. Veja vídeo acima.
Nos registros da quarta-feira (20) é possível ver alguns carros com placas do Paraguai e também brasileiras, usando o canteiro central como atalho para invadir a rodovia. Outros avançam pela pista sem respeitar os outros motoristas que transitam pelo local.
Em um dos flagrantes, motoristas acessaram a rodovia por uma saída, dando marcha ré. A ação conta com a ajuda de um homem que segura o trânsito na BR-277 para que os veículos possam acessar de forma irregular a rodovia. O homem recebe um valor em dinheiro de um dos motoristas.
Ponte da Amizade tem movimento diário de aproximadamente 41,2 mil veículos, aponta estudo
Os flagrantes foram feitos a cerca de um quilômetro da Ponte Internacional da Amizade, considerada a mais movimentada do Brasil. Um estudo recente mostra que cerca de 40 mil veículos transitam pelo local diariamente. Veja mais abaixo.
Homem recebe dinheiro de motorista após auxiliar ele a acessar de forma irregular a BR-277
Reprodução RPC
Sobre as irregularidades, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que não tem efetivo para manter uma fiscalização constante no local, mas que em 2022 cerca de 1,4 mil motoristas foram multados por infrações na região da Ponte da Amizade.
Infração de trânsito
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), atravessar canteiros é infração considerada gravíssima. O motorista que for flagrado perde 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de pagar multa de R$ 880.
Um dos motoristas entrevistado pela RPC, o taxista Carlos Trinidade, admitiu que fura fila e tenta justificar a infração.
FOTOS: Confira registros históricos da Ponte da Amizade na fronteira entre Brasil e Paraguai
“Hoje não furei, ontem sim. Tem muito freguês, muita fila, atrapalha a gente e tem corrida para fazer e na fila perde muito tempo”, diz o taxista.
A estudante de medicina, Jéssica Ramos, cruza diariamente a Ponte da Amizade. As filas são demoradas e não tem outra opção. A irresponsabilidade de alguns motoristas acaba atrasando ela e outras pessoas que passam pelo local. “É bem cansativo na realidade. Todo santo dia essa rotina. […] é chato mas a gente não tem o que fazer. […] Eles entram na nossa frente do nada só falta bater o carro.”
Ponte da Amizade
Imagens cedidas/Portal da Cidade Foz do Iguaçu
Movimento Ponte da Amizade
A Ponte da Amizade na fronteira entre Brasil e Paraguai tem movimento diário de aproximadamente 41,2 mil veículos, de acordo com dados divulgados no dia 5 de abril deste ano pela Pesquisa de Tráfego e Perfil de Turistas na Tríplice Fronteira.
Cerca de 83,4 mil pessoas cruzaram diariamente a Ponte da Amizade no período. O número ficou abaixo dos 87, 2 mil registrados em 2019, último ano em que a pesquisa havia sido realizada.
PodParaná #70: Ponte da Amizade completa 57 anos de inauguração
Em 2020 o levantamento não foi realizado devido à pandemia.
Os números mostram ainda que 70,2% das pessoas que circulam diariamente pela Ponte da Amizade são do sexo masculino. A faixa etária predominante é de pessoas entre 35 e 49 anos.
VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região em g1 Oeste e Sudoeste.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima