Paraná

Resumo do dia: Paraná, terça-feira, 19 de abril de 2022

resumo-do-dia:-parana,-terca-feira,-19-de-abril-de-2022
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Boa noite! Aqui estão as principais notícias do estado para você terminar o dia bem-informado. Confira o resumo de algumas das principais reportagens e as mais acessadas pelos leitores do g1 PR, nesta terça-feira (19).
PM salvo de tiro de fuzil por celular em colete balístico durante ataque em Guarapuava celebra: ‘A partir do ano que vem, dia 17 faço aniversário’
Um disparo na altura do coração, distante um celular e um colete à prova de balas do órgão. Foi assim que o cabo Wendler, da Polícia Militar (PM), foi salvo após ser alvo de um tiro durante o ataque a uma empresa de transporte de valores de Guarapuava, na região central do Paraná.
No domingo (17), ele foi atingido pelo grupo criminoso que invadiu a cidade para a tentativa de assalto quando estava dentro da viatura. Ele não se feriu pois, de acordo com a PM, o projétil não atingiu o militar ao acertar o celular do agente, que estava no bolso do colete balístico.
“Graças a Deus, nasci de novo. Como a viatura estava em movimento e o celular é pequeno, amorteceu entre 50% e 60% do impacto. Agora acabei de tirar o projétil dentro da placa balística […] nasci de novo. A partir do ano que vem, dia 17 faço aniversário”, celebrou.
Policial fala sobre ter sido salvo de tiro de fuzil por celular, em Guarapuava
Secretaria de Saúde declara epidemia de dengue no Paraná; regiões oeste e norte concentram maioria dos casos
A Secretaria de Estado da Saúde declarou situação de epidemia de dengue no Paraná após quase 15 mil novos casos da doença serem confirmados desde a semana passada.
Boletim epidemiológico semanal divulgado nesta terça-feira (19) informa que, desde agosto do ano passado, cinco pessoas morreram em decorrência da doença e mais de 80 mil casos foram notificados no Paraná.
O cenário de epidemia se configurou, explica a Sesa, com o número de casos suspeitos e confirmados de dengue acima do esperado para o período.
Buscas por suspeitos de ataque a empresa de valores em Guarapuava entram no segundo dia
Forças de segurança continuam as buscas por suspeitos de um ataque a uma empresa de valores, em Guarapuava, na região central do Paraná, nesta terça-feira (19). A Polícia Militar (PM) informou que faz um cerco em uma região de mata, onde acredita que os assaltantes estão.
A tentativa de assalto aconteceu entre a noite de domingo (17) e madrugada de segunda-feira (18). Dois policiais e um morador da cidade ficaram feridos. Mais de 30 criminosos fugiram sem levar nada.
Ao todo, cerca de 260 policiais trabalham nas buscas pelos assaltantes. A estratégia se concentra no distrito da Palmeirinha, que fica a 20 km do Centro de Guarapuava. A região tem várias propriedades rurais e conta com 4 mil habitantes.
Além dos trabalhos por terra, a polícia também usa helicópteros para auxiliar nas buscas. Câmeras termográficas, com sensores de calor, estão sendo usadas nas aeronaves.
Ataque em Guarapuava (PR): veja os momentos marcantes do assalto
Vídeo mostra visão aérea da polícia durante buscas por suspeitos de ataque a empresa de valores em Guarapuava
Imagens registradas pelo Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) da Polícia Militar (PM) do Paraná mostram a visão aérea do trabalho de buscas por suspeitos de um ataque a uma empresa de valores, em Guarapuava, na região central.
A Polícia Militar informou que realiza um cerco em uma região de mata, onde acredita que os assaltantes estão. Os trabalhos dos agentes de segurança se estenderam durante a madrugada desta terça-feira (19).
Os vídeos mostram o acompanhamento feito pelos policiais em helicópteros e também pela câmera de um drone. Assista ao vídeo abaixo.
Vídeos mostram trabalho de buscas da PM por suspeitos de ataque a empresa, em Guarapuava
Mulher que recebeu transplante de rim vence Covid após 55 dias em UTI: ‘Consciência muito plena de que Deus fez um milagre’
Depois de 55 dias de internamento, a projetista Rosane Weber de Quadros de Camargo, de 45 anos, teve alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Marcelino Champagnat, em Curitiba, nesta terça-feira (19).
Segundo o hospital, ela foi a última paciente com quadro grave a deixar a UTI Covid-19 no local. Agora, Rosane deixa o ambiente hospital e se depara com um momento de flexibilização das medidas contra a doença.
“Consciência muito plena de que Deus fez um milagre, através dos médicos, da família, dos amigos. […] Eu tenho muito essa consciência, passei por uma situação de quase morte. Agora é recuperar, voltar a caminhar, falar melhor,” assim relata ela, com dificuldade na fala devido a uma traqueostomia.
Mulher emociona equipe médica ao sair pela primeira vez do quarto após 55 dias em UTI
Ministro do TCU amplia prazo para análise de plano de outorga do pedágio no Paraná
O ministro Walton Alencar Rodrigues, do Tribunal de Contas da União (TCU), ampliou em 75 dias o prazo para que técnicos façam a análise do plano de outorga do pedágio nas Rodovias Integradas do Paraná, que está no órgão desde novembro do ano passado.
A decisão é do dia 15 de abril.
Segundo o TCU, o tribunal ainda não recebeu da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) toda a documentação requisitada para que a etapa seja realizada.
O documento ainda determina que a contagem do novo prazo passa a valer quando a ANTT fizer a entrega dos documentos solicitados. Segundo a agência, isso deve ocorrer em 20 de maio. Se a data for cumprida, o prazo então será estendido até 5 de agosto.
Ministro do TCU amplia prazo para análise de plano de outorga do pedágio no Paraná
Giuliano Gomes/PR PRESS
Dois policiais penitenciários são presos e outros dois são afastados em operação do Gaeco
Dois policiais penitenciários foram presos na manhã desta terça-feira (19) em Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, em operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que investiga organizações criminosas da Penitenciária Estadual do município.
Além das prisões, outros dois policiais foram afastados dos cargos na penitenciária. A direção do local informou que colabora com as investigações e que um procedimento administrativo interno será aberto para apurar as denúncias.
Esta é a terceira fase da operação que teve início em fevereiro de 2021. A investigação do Gaeco mostra que os policiais penais receberam propinas para facilitar a entrada de produtos ilícitos no presídio, como aparelhos celulares e drogas, além de facilitar as visitas a detentos em troca de dinheiro.
Mandados de prisão foram cumpridos na penitenciária de Franciso Beltrão
Gaeco/Francisco Beltrão
Dois trabalhadores são resgatados em condições análogas à escravidão, no Paraná
Dois trabalhadores foram resgatados em condições análogas à escravidão, em uma fazenda de Nova Esperança, no noroeste do Paraná, segundo o Ministério do Trabalho e Previdência (MTE). A informação foi divulgada nesta terça-feira (19).
De acordo com a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), as vítimas não recebiam salário pelos serviços prestados, somente alimentação e moradia.
Além disso, conforme a SIT, as saídas eram igualmente controladas pelo empregador, sob ameaças de perder o trabalho.
Uma das vítimas trabalhava há 21 anos sem salário, em Nova Esperança
Ministério do Trabalho e Previdência/Divulgação
Curtas e rápidas
Ataque a empresa de valores: policiais militares dizem que não havia plano de contingência em Guarapuava
Arma abandonada em árvore após ataque em Guarapuava é uma espingarda e foi roubada de empresa de valores, diz polícia
UEL divulga resultado do Vestibular 2022; confira a lista de aprovados
Curitiba amplia locais de vacinação simultânea contra a Covid e gripe; veja unidades
Carro com pais e duas crianças sofre atentado, em Umuarama; casal é baleado
Três suspeitos são presos em operação contra pornografia infantil em Londrina e região
Mulher é presa com três armas de fogo escondidas em caixa de som na rodoviária de Foz do Iguaçu
Conheça mapa online de feiras orgânicas e agroecológicas do Paraná
Justiça rejeita acordo para pagamento de R$ 66 milhões entre Prefeitura de Maringá e TCCC
Suspeito é baleado durante invasão a clínica, em Londrina
Educação abre processo seletivo para cargos temporários, em Cascavel; veja como se inscrever
VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias do estado em g1 Paraná.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima