Paraná

Moradores reclamam de furtos frequentes de hidrômetros, em Rolândia

moradores-reclamam-de-furtos-frequentes-de-hidrometros,-em-rolandia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Segundo a polícia, dois suspeitos foram presos com os equipamentos. Mais de dez ocorrências sobre o crime foram registradas em abril na cidade. Moradores de Rolândia sofrem com o furto de hidrômetros
Dois homens foram presos suspeitos de furtar hidrômetros, em Rolândia, no norte do Paraná, segundo a Polícia Civil. Os equipamentos foram encontrados com eles.
De acordo com a polícia, as prisões ocorreram na quinta-feira (14). Além disso, foram registrados mais de 10 boletins de ocorrência neste mês de abril por esse tipo de crime cidade.
Moradores prejudicados pelos furtos semanais, enviaram imagens dos vazamentos de água para a Câmara Municipal de Rolândia.
Em uma das ruas da cidade, foram levados cinco hidrômetros em uma semana. Para tentar impedir os furtos, moradores e comerciantes têm colocado grades e cadeados em torno do equipamento.
“Essa semana, duas vezes seguida. Roubaram um à noite, a Sanepar veio de manhã colocar. Depois, à noite, furtaram de novo. Todos dependem de água. O comércio sem água não roda, não gira”, disse o comerciante Nilton Alves dos Santos.
Mais de 10 furtos de hidrômetros foram registrados em abril, em Rolândia, segundo a polícia
RPC/Reprodução
Na escola do município, os suspeitos aproveitaram a semana de feriado para furtar.
“Fizemos o boletim online e também fizemos uma cópia para a Sanepar para que haja depois, então, a reposição. Houve a reposição, mas também tem a questão do vazamento de água, a questão ambiental de economia. As pessoas não têm essa consciência da água, que vai interferir até mesmo na região que aconteceu esse roubo”, disse o diretor da escola, Ademir Humberto de Lima.
Em caso de furtos, a orientação da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) é avisar a empresa e registrar o boletim de ocorrência na delegacia, para que o consumidor não tenha que arcar com o custo de R$ 96 do novo hidrômetro.
A Polícia Civil informou que investiga as ocorrências.
Já a Polícia Militar (PM), disse que acompanha os casos e atende as denúncias. Inclusive, que na última semana identificou três suspeitos dos furtos.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região no g1 Norte e Noroeste.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima