Paraná

Projeto oferece aulas gratuitas de teatro de rua, em Londrina; veja como participar

projeto-oferece-aulas-gratuitas-de-teatro-de-rua,-em-londrina;-veja-como-participar
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Inscrições devem ser feitas pela internet até 2 de abril. Encontros ocorrerão às segundas e quartas-feiras, às 19h, no Canto do Marl. Curso livre de teatro de rua é realizado, em Londrina
Lucas Godoy/Marl/Divulgação
Um projeto cultural está com inscrições abertas para aulas gratuitas de teatro de rua, em Londrina, no norte do Paraná. O curso livre será presencial e é oferecido pela Vila Cultural Canto do Movimento dos Artistas de Rua de Londrina (Marl).
Os interessados devem se inscrever pela internet até 2 de abril e anexar uma carta de interesse.
Festival de Curitiba 2022 começa em março com programação presencial depois de 2 anos; veja as atrações
Auxílio Emergencial no Paraná é ampliado para atender setor cultural e turístico
Conforme a organização, os encontros começam em 4 de abril e serão às segundas e quartas-feiras, às 19h, no Canto do Marl. A duração total do curso é de dois anos.
Para participar, os alunos devem ter idade acima de 16 anos e ter recebido duas ou três doses da vacina contra Covid-19.
O curso, que ocorre desde 2016, é dividido em quatro módulos semestrais. Durante as aulas, os alunos aprendem sobre corpo, voz, texto dramatúrgico e o espaço da rua.
Conforme a atriz, cantora e professora Edna Aguiar, a estrutura de módulos é uma opção para quem quer fazer o curso todo, mas também para quem quer estudar um tema específico.
A Vila Cultural Canto do Marl conta com patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).
Curso
No primeiro semestre, Edna Aguiar ministra o módulo “A voz como instrumento no teatro”, em que aborda uma prática baseada em canto e contação de histórias.
Neste primeiro módulo, o trabalho sobre a voz será relacionado a elementos como a escuta, diálogo, improviso e uso do espaço de trabalho, partindo do rigor da criação teatral em direção à brincadeira. O módulo ainda conta com o professor convidado Guilherme Kirchheim.
Na sequência, a professora Luli Rodrigues conduz o módulo “O texto dramático com base da construção cênica”, em que aborda leitura dramática, adaptação, interpretação e outros elementos de texto de cena.
Em 2023, o professor Paulo Cesar atua acompanhado dos multiplicadores da Fábrica de Teatro do Oprimido (FTO), e ministram juntos o módulo Teatro do Oprimido – De Boal a Brecht, vozes para a transformação social.
No último semestre, o professor Rogério Francisco Costa oferece o módulo “A rua como potência para o teatro”, com abordagens históricas sociais, políticas, filosóficas e poéticas do teatro de rua e com experiências práticas do teatro na rua.
VÍDEO: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região no g1 Norte e Noroeste.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima