Paraná

Mulher usa guarda-chuva dentro de ônibus para não se molhar com chuva no veículo, em linha do litoral do Paraná; VÍDEO

mulher-usa-guarda-chuva-dentro-de-onibus-para-nao-se-molhar-com-chuva-no-veiculo,-em-linha-do-litoral-do-parana;-video
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Usuários da linha entre Guaraqueçaba e Antonina reclamam de condições precárias dos veículos; empresa responsável disse que pediu desistência da operação do serviço. Mulher usa guarda-chuva dentro de ônibus para não se molhar com vazamento
Moradores que utilizam a linha de ônibus entre Antonina e Guaraqueçaba, no litoral do Paraná, reclamam de condições precárias dos veículos.
Um vídeo gravado em uma das viagens, mostra uma mulher usando um guarda-chuva dentro do veículo porque, devido a furos no teto, chovia dentro. Assista ao vídeo acima.
Os usuários do serviço reclamam também que houve redução de viagens, que antes eram todos os dias e atualmente só há horários de ônibus na segunda, quarta e sexta-feira.
Ainda conforme os passageiros, houve aumento do preço da passagem, que é de R$ 22,45 desde o dia 1º de outubro de 2021.
A passageira gravada usando um guarda-chuva aberto no veículo, Isabel Cunha, disse que o ônibus é desconfortável e que nas viagens, muitos passageiros viajam de pé, sem espaço, além das condições precárias do veículo, que molha os usuários da linha.
“O ônibus vinha tão lotado que parecia que a roda iria sair. É perigoso, as curvas são fechadas, e também por causa da pandemia. Todo mundo, um colado no outro. É complicado. Não tem como levar nossas crianças para Guaraqueçaba, por causa disso”, afirmou.
Mulher usa guarda-chuva dentro de ônibus para não se molhar com chuva no veículo, em linha do litoral do Paraná
Reprodução/RPC
Empresa abriu mão de operar a linha
A Viação Graciosa informou que reconhece que trata-se de uma linha altamente deficitária, que opera segundas, quartas e sextas, com dois horários em cada sentido, pela manhã e pela tarde.
A empresa disse ainda que já protocolou junto ao Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) um pedido de desistência de operação desta linha.
O departamento deve divulgar no Diário Oficial do Estado um chamamento para que empresas interessadas em operar o trecho se habilitem.
O DER-PR informou que a linha de transporte intermunicipal de passageiros entre Antonina e Guaraqueçaba apresenta um número muito baixo de passageiros, tendo extensão de cerca de 100 km, e a maior parte do trajeto realizado em via de revestimento primário.
A atual operadora da linha, segundo o departamento, protocolou solicitação para paralisar o atendimento, “o qual foi aceito pelo DER, tendo sido publicado nesta segunda-feira (14) um aviso em diário oficial convocando outras empresas do setor que tenham interesse em assumir a operação em caráter provisório. A Viação Graciosa permanece operando a linha até outra empresa ser selecionada”.
Assista aos vídeos mais acessados do g1 PR
Veja mais notícias do estado em g1 Paraná.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima