Paraná

Câmara de Guarapuava suspende atividades presenciais após surto de Covid entre vereadores e servidores

camara-de-guarapuava-suspende-atividades-presenciais-apos-surto-de-covid-entre-vereadores-e-servidores
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Cerca de 30 servidores e oito vereadores testaram positivo para a doença, segundo assessoria. Atividades devem ser retomadas na segunda (31). O curso preparatório para candidatas será realizado na Câmara de Guarapuava nos dias 20 e 21 de março
Câmara de Guarapuava/Divulgação
A Câmara de Vereadores de Guarapuava, na região central do Paraná, suspendeu as atividades presenciais da Casa até sexta-feira (28) depois de registrar um surto de Covid-19 entre parlamentares e servidores.
Cerca de 30 funcionários e oito dos 21 vereadores testaram positivo para a doença. Todos têm quadro leve da doença, conforme a assessoria.
Por conta disso, na quarta-feira (26), o expediente foi suspenso preventivamente pelo presidente da Casa, vereador João Carlos Gonçalves (Podemos).
Inicialmente, o retorno às atividades presenciais está previsto para segunda-feira (31), quando uma nova avaliação será feita.
Na decisão, o presidente do Legislativo apontou o número de casos e ressaltou que “a preservação da saúde é uma obrigação dos gestores públicos”.
Além disso, disse que a medida tem o objetivo de “frear as transmissões do vírus” também para que “todos possam estar a postos para as votações” da Casa. As sessões devem ser retomadas em 7 de fevereiro, um mês após a volta das atividades após o recesso.
Veja mais notícias da região em g1 Campos Gerais e Sul.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima