TJ-PR faz ação para realizar atendimentos no litoral a partir desta segunda-feira (27)

tj-pr-faz-acao-para-realizar-atendimentos-no-litoral-a-partir-desta-segunda-feira-(27)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Serão prestadas orientações a respeito de procedimentos específicos no âmbito dos juizados especiais cíveis e criminais. Atendimentos serão realizados em Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba. Primeira etapa do projeto Operação Litoral será entre os dias 27 de dezembro de 2021 e 9 de janeiro de 2022
Divulgação/TJ-PR
O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) promove entre esta segunda-feira (27) até 9 de janeiro de 2022 a primeira etapa do projeto Operação Litoral, que vai realizar atendimentos à população litorânea e turistas.
Conforme o TJ, serão prestadas informações e orientações a respeito de procedimentos específicos no âmbito dos juizados especiais cíveis e criminais.
Referente à área penal, os atendimentos contemplarão os crimes de menor potencial ofensivo, como casos de perturbação de sossego.
Nos casos que envolvam o uso de drogas, serão realizadas ações por meio do Programa Novas Pontes, iniciativa da 2ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), e desenvolvida pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) Criminal e pela Central de Medidas Socialmente Úteis (CEMSU).
Os atendimentos serão diários, com exceção do dia 1º de janeiro de 2022, e realizados nas comarcas de Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba.
Haverá também uma Unidade de Atendimento Móvel, que circulará por Morretes, Paranaguá e Antonina e prestará serviços relacionados ao Programa Justiça no Bairro, incluindo perícias médicas em procedimentos de curatela.
Segundo o TJ, também será ofertada a solução de demandas por meio da aplicação de técnicas da conciliação e mediação.
O 2º período da Operação Litoral será entre os dias 21 de fevereiro e 4 de março de 2022, período correspondente ao Carnaval.
A iniciativa é coordenada pela 2ª Vice-Presidência do TJ-PR e conta com a participação do Ministério Público do Paraná (MP-PR), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR – Subseção de Paranaguá) e polícias Militar e Civil.
Atendimento fixo à população
O TJ informou que, caso tenham alguma demanda, os jurisdicionados deverão levar os documentos de identificação pessoal e, dependendo do caso, documentos específicos pertinentes que colaborem para a análise dos fatos.
O atendimento ocorrerá das 8h às 13h, do dia 27 de dezembro a 9 de janeiro, com exceção do dia 1º de janeiro.
Confira os locais de atendimento:
Pontal do Paraná: Rua Dona Alba de Souza e Silva, nº 1359, Balneário Ipanema. Telefone: (41) 3453-8170.
Matinhos: Rua Antonina, nº 200. Telefone: (41) 3453-8103.
Guaratuba: Rua Tiago Pedroso, nº 417. Telefone: (41) 3472-8962.
VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias do estado no g1 Paraná.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima