Paraná

Cadastro para vacinação contra Covid é liberado para crianças a partir de 5 anos, em Londrina e Rolândia

cadastro-para-vacinacao-contra-covid-e-liberado-para-criancas-a-partir-de-5-anos,-em-londrina-e-rolandia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Segundo as prefeituras, vacinação para esse público não tem data definida e ocorrerá após envio de doses exclusivas da Pfizer para crianças. Cadastro aberto para crianças a partir de 5 anos se vacinarem contra a Covid-19
As Secretarias de Saúde de Londrina e Rolândia, no norte do Paraná, liberaram, nesta sexta-feira (17), o cadastro prévio para a vacinação contra a Covid-19 de crianças a partir de 5 anos.
Os formulários devem ser preenchidos pelos pais ou responsáveis no site da Prefeitura de Londrina e em link disponibilizado pela Prefeitura de Rolândia.
CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias
ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado
VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas
O cadastro acompanha a autorização concedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na quinta-feira (16), para o uso da vacina Comirnaty (Pfizer) em crianças de 5 a 11 anos..
De acordo com os dois municípios, não há data definida para a vacinação. Por isso, é necessário aguardar a chegada de novos lotes da vacina para aplicação no grupo de 5 a 12 anos incompletos.
Crianças receberão vacina contra a Covid da Pfizer, em Londrina
Gustavo Tacaki/Prefeitura de Londrina
Segundo o secretário de Saúde de Londrina, Felippe Machado, a vacina para esse público tem dosagem, composição e armazenamento diferentes das que são utilizadas nos maiores de 12 anos.
“Ainda há um caminho a ser percorrido, que é o recebimento dessas doses de vacinas, em frascos diferentes do que temos hoje. Estamos nos antecipando e abrindo o cadastro para que quando a vacina chegar a gente tenha condições de, imediatamente, iniciar a imunização das nossas crianças”, explicou o secretário de Saúde.
Vacina contra Covid-19 em crianças no Brasil: veja o que se sabe
Machado disse que a aplicação em crianças abrange duas doses, de 0,2 ml cada, com frascos na cor laranja para facilitar a diferenciação.
“A vacina passou por estudos e análises da Anvisa e demais órgãos de controle, já é utilizada em outros países para essa faixa etária e com certeza só trará benefícios. Vemos que, após a vacinação, conseguimos gradativamente reduzir o quadro de circulação do vírus. Por isso é muito importante que as crianças sejam vacinadas e que os pais e responsáveis garantam esse direito sagrado”, disse.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região no g1 Norte e Noroeste.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima