Paraná

Governo do estado libera R$ 1 milhão para reconstrução da Unioeste Foz do Iguaçu após temporal

governo-do-estado-libera-r$-1-milhao-para-reconstrucao-da-unioeste-foz-do-iguacu-apos-temporal
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Campus foi fortemente atingido por tempestade no dia 23 de outubro que causou estragos em vários pontos da instituição. As obras, de acordo com a Unioeste, devem começar antes do Natal. Blocos ficaram destelhados na Unioeste, em Foz do Iguaçu
Antônio Marcos Massaco Haschisuca/Unioeste
O governo do estado do Paraná anunciou na manhã desta quarta-feira (8) a liberação de R$ 1 milhão para reconstrução da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus Foz do Iguaçu.
A universidade informou que além do recurso liberado pelo estado, Itaipu Binacional e a Defesa Civil irão complementar o valor necessário para a reconstrução total da instituição, que segundo a universidade é de R$ 3 milhões, tanto para a reconstrução da estrutura física como para a compra de equipamentos. As obras, de acordo com a Unioeste devem iniciar antes do Natal.
Chuvas derrubam árvores e destroem telhado de universidade em Foz do Iguaçu; VEJA FOTOS
Imagens aéreas mostram Unioeste destelhada após temporal em Foz do Iguaçu; VÍDEO
O campus foi fortemente atingido por um temporal no dia 23 de outubro, que causou estragos nos telhados de todos os blocos da instituição, danificando janelas e portas de vidro, equipamentos, documentos e outros materiais da universidade. Parte dos blocos que eram feitas de zinco também foram destruídas com a chuva.
De acordo com a Unioeste as aulas não foram afetadas pelos estragos porque estão ocorrendo de forma remota. Algumas atividades foram suspensas nos primeiros dias após o temporal, mas segundo a instituição, foram retomadas nas estruturas dos blocos menos atingidas pela tempestade.
O recurso liberado pelo estado, segundo a instituição, será usado para a reconstrução do telhado da biblioteca, restaurante Universitário, laboratório de enfermagem e passarelas de acesso aos blocos.

Veja mais notícias da região em g1 Oeste e Sudoeste.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima