Paraná

Resumo do dia: Paraná, quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

resumo-do-dia:-parana,-quinta-feira,-2-de-dezembro-de-2021
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Boa noite! Aqui estão as principais notícias do estado para você terminar o dia bem-informado. Confira o resumo de algumas das principais reportagens e as mais acessadas pelos leitores do g1 PR, nesta quinta-feira (2).
Feminicídio em Piraquara
Uma mulher foi morta a tiros quando chegava em casa, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu na noite de quarta-feira (1º), no bairro Guarituba. O suspeito foi identificado nesta quinta-feira (2), mas está foragido.
A vítima tinha 34 anos e se chamava Fernanda de Quadros. De acordo com a polícia, a mulher tinha descido do carro onde estava para abrir o portão de casa, quando foi atingida por seis tiros, sendo três na cabeça e três no tórax.
A Polícia Civil trabalha com a hipótese de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, além de feminicídio.
Mulher é morta em Piraquara
‘Jatão’: relembre a história do avião-restaurante de Curitiba
Os olhares curiosos no transporte de um Airbus A318, pela BR-277, não são novidade no Paraná. Durante uma década, um avião despertou a curiosidade de quem passava por Santa Felicidade, bairro tradicional de Curitiba.
Entre 1970 e 1980, uma aeronave foi o espaço de lazer de quem gostava de uma boa comida e uma pista de dança. O ‘Jatão’, como era chamado, na verdade, nunca saiu do chão e foi projetado por dois engenheiros a pedido de Elmo Waltrick, que é apaixonado por aviação.
O avião saiu do papel depois que Elmo ganhou um bom dinheiro na loteria. A réplica tinha capacidade para mais de 400 pessoas e tinha até pista de dança. “Lotava toda noite, era um sucesso”, disse Elmo.
Bairro de Curitiba já teve restaurante em formato de avião nos anos 70 e 80
Desaparecimento de empresária é tratado como feminicídio
O delegado de Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon, no oeste do Paraná, Rodrigo Batista, afirmou na manhã desta quinta-feira (2) que o desaparecimento da empresária Edna Storari, de 56 anos, passou a ser tratado como feminicídio.
Rodrigo comenta que o caso pode ser comparado ao de Eliza Samudio, assassinada há 11 anos. O ex-companheiro dela, o goleiro Bruno Fernandes, foi condenado a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver e também pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho.
A investigação começou após a filha da mulher desaparecida fazer um boletim de ocorrência no dia 27 de setembro, informando que não tinha notícias da mãe havia cerca de uma semana.
Polícia cumpre mandados de busca e apreensão para apurar desaparecimento de empresária, no Paraná
Homem é preso investigado por desaparecimento da companheira em Marechal Cândido Rondon
Empresária Edna Storari está desaparecida desde 21 de setembro, segundo a Polícia Civil
Divulgação/PCPR
‘Pessoa de luz’
O amor pelo teatro era uma marca registrada do ator Jairo Lourenço. A lembrança é de Marília Rios, amiga próxima do ator desde a década de 1980, e que lamentou a partida do amigo. Eles se conheceram em um bar do Rio de Janeiro, cidade para qual Jairo se mudou em busca do sonho artístico.
“É muito triste né, doeu muito. A melhor lembrança que eu tenho é do Jairo no palco. Alegre. Ele era muito alegre, muito comunicativo, meigo. Comigo sempre solicito. Ele era uma pessoa de luz, uma pessoa solar. Tinha luz própria”, relembrou.
Jairo morreu na segunda-feira (29), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Afonso Pena em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Ele tinha 60 anos.
Ator Jairo Lourenço, em Vale Tudo, em 1989
Reprodução/TV Globo
Atestado médico falsificado
Quatro pessoas foram indiciadas por falsificação de atestados e receituários médicos, em Londrina, no norte do Paraná, segundo a Polícia Civil. O inquérito, concluído na terça-feira (1º), incluiu ainda o crime de associação criminosa.
De acordo com a Polícia Civil, dentre os investigados, três deles têm 28 anos, e um tem 57 anos. Os crimes ocorreram entre 2019 e 2020. Durante o inquérito, foi verificado que parte dos investigados comercializava medicamentos controlados de maneira irregular.
Polícia Civil indicia quatro pessoas por falsificar atestado médico
Pandemia no Paraná
Um levantamento da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado nesta quinta-feira (2), mostra que 199 dos 399 municípios do Paraná estão há pelo menos 60 dias sem registrar mortes por Covid-19.
Os dados também apontam que 287 cidades não tiveram óbitos pela doença em novembro – 73% dos municípios.
Curtas e rápidas
Secretaria de Saúde do Paraná fecha mais de 380 leitos de UTI exclusivos para Covid
Homens rendem vigias e incendeiam ônibus e outros veículos da Prefeitura de Campo Magro
Foz do Iguaçu cancela carnaval de rua de 2022
Caminhonete cai em rio após batida, e policiais salvam dois homens que estavam se afogando, em Sengés
Maringá tem maior geração de empregos desde 2013
Jovem morre baleado ao tentar separar briga entre irmãos, em Xambrê
Covid: Prefeitura de Virmond proíbe moradores que não tomaram 2ª dose da vacina a usar transporte público
Maringá chega à marca de 70% da população com ciclo de imunização completo contra a Covid-19
Covid: Londrina libera dose de reforço da vacina para moradores a partir de 50 anos
Três homens envolvidos em tiroteio que atingiu duas crianças são condenados, em Maringá
Paraná abre voos diretos entre Curitiba e 10 cidades do interior; veja destinos.
VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias do estado em g1 Paraná.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima