Paraná

Violência contra mulher é tema de curta-metragem lançado em Curitiba

violencia-contra-mulher-e-tema-de-curta-metragem-lancado-em-curitiba
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Lançamento tem entrada gratuita, com lotação máxima de 70 pessoas. O evento ainda conta com um pocket show com a trilha sonora do filme. A violência contra a mulher é o tema do curta-metragem “Venha Pra Ficar Bem”, dirigido por Moa Leal.
Fabiano Ferreira
Um curta-metragem que tem como tema a violência contra a mulher, será lançado nesta quinta-feira (2), no espaço Arnica Cultural, em Curitiba. A entrada é gratuita, com lotação máxima de 70 pessoas.
O filme musical “Venha Pra Ficar Bem” é dirigido por Moa Leal e estrelado por Guenia Lemos e Gabriel Gorosito, o casal protagonista.
O curta trata de forma sensível o problema da violência doméstica contra a mulher, nos casos que aumentaram durante o período da pandemia e isolamento social.
AMARELAS: Acesse a página especial sobre violência contra a mulher
Um estudo feito em fevereiro desde ano, revela que 94% dos casos de feminicídio são feitos pelos companheiros das vítimas. Entre março de 2015 e março de 2020 foram mais de 300 casos de feminicídio.
Violência contra mulher: Veja os canais de denúncia disponíveis no Paraná
Registrar Boletim de Ocorrência de violência doméstica e familiar contra mulher
O Botão do Pânico digital, disponível no Paraná há cinco meses, recebeu até o começo de novembro, 730 cadastros de mulheres com medidas protetivas de urgência ao redor do Estado.
A ferramenta, que funciona dentro do aplicativo 190 da Polícia Militar (PM) e está disponível para todo o estado, pode ser solicitada por mulheres com medidas protetivas de urgência no momento da primeira denúncia na Polícia Civil, no registro do Boletim de Ocorrência.
Familiares contam trajetórias e sonhos interrompidos de vítimas de feminicídio no Paraná: ‘O amor sempre vai ficar’
Durante a sessão de lançamento, a banda “Eles Mesmos” fará um show no quintal do Arnica Cultural, com a trilha sonora do filme.
Para poder acompanhar o show que será em um estúdio de áudio profissional, o público deverá levar fones de ouvido e um receptor FM, caso o celular não tenha.
Serviço
O espaço Arnica Cultural fica na Rua Otelo Queirolo, 237, no bairro Bigorrilho. A entrada estará liberada a partir das 18h e o evento começa às 19h com previsão de término às 22h.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima