Paraná

Avanço na oftalmologia: cirurgia de catarata a laser com preço menor

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Não precisa esperar na fila da rede pública: pacientes com catarata podem operar com baixo custo e alta tecnologia na Médicos de Olhos S.A Para 150 milhões de brasileiros, os cuidados com a saúde são realizados via Sistema Único de Saúde (SUS). Em pesquisa feita pelo IBGE em 2019, o índice de pessoas que não possuem plano de saúde suplementar foi de 71,5%. A rede pública é a principal alternativa para consultas de rotina, tratamentos e cirurgias e, por isso, a fila de espera costuma ser grande. Somente para a cirurgia de catarata, a lista tem 200 mil nomes – é o procedimento com maior procura. “Sabemos que no SUS ainda existem dificuldades ao acesso médico em geral, e não é diferente na oftalmologia. Por isso, quando o paciente chega ao nosso serviço, ele terá sua cirurgia realizada – seja na unidade do SUS ou em outras unidades atendidas pelos convênios de saúde”, ressalta o Dr. Hamilton Moreira (CRM 9388 | RQE 2872), diretor técnico da Médicos de Olhos S.A. A rede de clínicas capilarizou o atendimento nos últimos três anos, com 14 unidades em Curitiba, região metropolitana e outras cidades do Paraná, como Guarapuava.
Além do atendimento capilarizado, a Médicos de Olhos S.A criou uma estratégia para tornar a cirurgia de catarata mais acessível. Por meio do plano econômico oftalmológico Família Mais, realiza cirurgias com valores que cabem no bolso dos pacientes. Até novembro deste ano, foram 700 cirurgias de catarata por mês. “Com este volume, conseguimos uma gestão eficiente de custos, o que deixa os preços mais atrativos. Mas o mais importante é que não negociamos qualidade: oferecemos o que há de mais moderno em lentes intraoculares e processos cirúrgicos”, complementa o Dr. Hamilton.
Busca pela cirurgia de catarata acessível cresceu em 2021
Entre janeiro e agosto deste ano, o SUS realizou 314,6 mil cirurgias de catarata. É 55% a mais do que em 2020, mas ainda há muito o que fazer para garantir a qualidade da visão dos brasileiros. “Na nossa empresa os preços não foram reajustados e, com isso, a busca pelo plano econômico Família Mais cresceu”, observa o diretor técnico. A Médicos de Olhos S.A vai fazer um mutirão em parceria com a Secretaria de Saúde do Paraná e a Secretaria da Justiça onde a previsão é de realizar mais de três mil cirurgias de catarata, diminuindo a fila de espera.
O aumento no volume de cirurgias de catarata acompanha o envelhecimento da população. De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), 70% das pessoas acima dos 70 anos terão catarata e a cirurgia, além de evitar complicações – entre elas, a cegueira – devolve a qualidade de vida aos pacientes que são dependentes de óculos. Na Médicos de Olhos S.A, as lentes intraoculares implantadas e a cirurgia a laser garantem um procedimento rápido, seguro e com resultados duradouros. O paciente operado pode voltar às atividades normais em 24 horas. “A ciência permitiu esta ousadia: oferecer esse tipo de tecnologia com preço justo, mantendo a qualidade e diminuindo o custo para o paciente”, analisa o diretor técnico.
Outras cirurgias no Família Mais
Pelo plano oftalmológico econômico Família Mais, a Médicos de Olhos S.A também realiza outras cirurgias – entre os procedimentos mais procurados estão a cirurgia para o glaucoma e a de pterígio. Nos últimos seis meses, o atendimento pelo Família Mais cresceu em 20%. Para o Dr. Hamilton, é um sinal de que o objetivo de tornar a oftalmologia mais acessível está dando certo. “Esperamos chegar a três mil consultas mensais até o fim de 2022. São três mil pessoas que conseguirão atendimento de qualidade, com alta tecnologia, e que não dispõem de plano de saúde. São números a serem celebrados”, finaliza o diretor técnico da rede de clínicas.
Diretor Técnico: Dr. Hamilton Moreira – CRM 9388 | RQE 2872

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima