Paraná

Após corpo ser encontrado, familiares pedem explicação sobre morte de homem após briga em festa em Pinhais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Felipe França desapareceu no dia 6 de novembro e corpo foi localizado, na sexta-feira (19), em uma cova em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba, de acordo com a Polícia Civil. Corpo de Felipe foi encontrado na sexta-feira (19) em Piraquara
Arquivo Pessoal
A família de Felipe França, de 30 anos, quer respostas da Polícia Civil para o que aconteceu com o auxiliar de produção. O corpo dele foi localizado, na sexta-feira (19), em uma cava de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.
Conforme a polícia, França desapareceu no dia 6 de novembro, após brigar com a namorada e os primos dela em uma festa, em Pinhais, também na Região Metropolitana.
A irmã de Felipe, Elisa Daniele França, afirmou que a família não acusa ninguém, mas exige respostas.
“A gente espera que tudo seja esclarecido. A gente nunca acusou ninguém e sempre quis saber o que de fato aconteceu com ele. Agora, estamos tendo que lidar com a morte, que era algo que a gente não queria acreditar”, disse.
O sepultamento de Felipe aconteceu neste sábado (20) com a presença de centenas de pessoas. O que para a irmã mostra o quanto ele era querido.
“Sempre foi um rapaz tranquilo. De manhã trabalhava em uma empresa e, de noite, entregava pizza. Amigo de muita gente, nunca nos deu trabalho”, revelou a irmã.
Investigação
Corpo foi encontrado em cava, em Piraquara
Divulgação
Segundo o superintendente da Delegacia da Polícia Civil em Piraquara, Sério Klaar, as investigações avançam para tentar entender como Felipe morreu.
A região onde o corpo foi encontrado foi definida a partir de informações de localização do celular de Felipe.
“Conseguimos identificar que a última localização dele tinha sido naquela região, então começamos as buscas com drones”, afirmou Klaar.
De acordo com depoimentos e imagens de câmeras de monitoramento, ele foi até uma festa em Pinhais com a namorada e primos dela e, no retorno, brigou com eles.
Após o desentendimento, Felipe saiu do carro em que estava e começou a andar a pé pela região. A namorada e os primos dela se dirigiram para outra direção, segundo a investigação.
Outras imagens mostram, segundo a polícia, Felipe na região na companhia de uma pessoa não identificada.
O corpo de Felipe foi encontrado a cerca de mil metros do local da briga, em uma área de difícil acesso.
O cadáver vai passar pelo exame de necrópsia, para ajudar a investigação a entender como Felipe foi morto.
Na segunda-feira (22), segundo a polícia, o carro onde Felipe estava antes de morrer também vai ser examinado com luminol.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 PR
Veja mais notícias da região em g1 Paraná

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima