Paraná

Dor nos olhos pode esconder problemas oculares mais graves

dor-nos-olhos-pode-esconder-problemas-oculares-mais-graves
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Sintoma de enxaqueca ou sinal de outra doença? Saiba por que é preciso investigar quadros de dores nos olhos Sua visão piorou durante a pandemia? Saiba que, junto com você, pelo menos um terço da população mundial apresentou sintomas oculares no último ano, segundo um estudo britânico feito pela Fight for Sight. As queixas mais comuns são vista cansada, olhos vermelhos e desconforto na visão. Mas nem todos os sintomas resultam do excesso de telas: a dor nos olhos, por exemplo, pode indicar outros problemas. Quem dá detalhes é o Dr. Jeferson Adriano Druszcz (CRM15258 | RQE 8170), oftalmologista da Médicos de Olhos S.A. “Há vários tipos de dores oculares, que vão desde uma irritação leve, com sensação de corpo estranho; até dores mais intensas, quando há algum arranhão na córnea”. O Dr. Jeferson, que atende pacientes na unidade de emergências 24 horas da Médicos de Olhos S.A, destaca que qualquer dor aguda ou persistente deve ser avaliada por um médico o quanto antes. Isso porque alguns hábitos da rotina podem levar a quadros de dor ocular, como o uso incorreto de lentes de contato. “Em casos de dor persistente, um especialista deve ser procurado para que ele consiga definir a causa e o tratamento mais adequado”, completa.
Doenças que podem causar dor nos olhos
A enxaqueca, que acomete 140 milhões de brasileiros – dado da Sociedade Brasileira de Cefaleia – também pode vir acompanhada de dor nos olhos e requer atenção. Além dela, quadros comuns como a sinusite, doenças na córnea e a endoftalmite. “O glaucoma agudo acomete principalmente pessoas acima dos 60 anos. É uma dor intensa, que pode até gerar náuseas e vômitos. Já a endoftalmite, que também provoca dores intensas no olho, é relacionada à infecção que pode ocorrer após cirurgias nos olhos. Todos esses casos requerem atendimento imediato”, pontua o oftalmologista da Médicos de Olhos S.A.
Ao perceber qualquer dor nos olhos, o paciente deve ficar atento a outros sintomas, como vômito, febre, diminuição da acuidade e da motilidade ocular, vermelhidão e círculos em volta da luz. “A herpes simples ou zoster também pode acometer os olhos, sendo de extrema gravidade, com risco de perda visual irreversível”, alerta o Dr. Jeferson.
Atenção à saúde dos olhos
Estudos recentes revelaram que a covid-19 também pode causar dores oculares. Um artigo publicado na Journal of Ophthalmic & Vision Research identificou que 9,6% dos pacientes avaliados em diversos estudos pelo mundo apresentaram dor na região dos olhos após a contaminação pelo novo coronavírus. A prevenção continua sendo o melhor remédio, não só em relação à covid-19, mas à saúde ocular de forma abrangente. De acordo com o Sistema Único de Saúde (SUS), houve uma redução de 35% no volume de consultas oftalmológicas desde o início da pandemia.
Com a unidade de pronto atendimento 24 horas em funcionamento desde setembro deste ano, a Médicos de Olhos S.A vai além das consultas emergenciais: é possível agendar consultas de rotina, como revisão do grau dos óculos e check-up, em horários diferenciados. “Nosso objetivo é ampliar os cuidados com saúde dos olhos para pessoas que têm uma rotina atribulada, possibilitando que realizem consultas fora do horário de trabalho”, completa o diretor técnico da Médicos de Olhos S.A, Dr. Hamilton Moreira (CRM 9388 | RQE 2872).
Diretor Técnico: Dr. Hamilton Moreira – CRM 9388 | RQE 2872

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima