Vizinhos sentem cheiro forte e descobrem que marido assassinou esposa no Paraná

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

O corpo da jovem Diene Silva de Brito, de 26 anos, foi sepultado nesta quarta-feira (5) no Cemitério São Gabriel, na cidade de Colombo, região metropolitana de Curitiba. A jovem foi assassinada pelo marido, Samuel Bezerra, no dia 29 de dezembro, mas o corpo dela só foi encontrado no dia 1º de janeiro depois que os vizinhos sentiram falta da vítima e perceberam um cheiro forte saindo de dentro do imóvel.

A família de Diene tentou mobilizar uma campanha para arrecadar dinheiro para fazer o translado do corpo até Dom Elizeu, no Pará, terra natal da jovem. No entanto, o valor arrecadado não foi o suficiente e o sepultamento aconteceu na capital paranaense. Acompanharam a cerimônia o advogado da família, Gerson Costa, e uma amiga da jovem.

Diene tinha voltado do Norte do país há pouco tempo. Sofrendo de uma depressão, Diene passou dois meses com a mãe, mas foi convencida pelo esposo, Samuel Bezerra, a voltar para Colombo, na região metropolitana de Curitiba. O casal tinha brigas constantes por causa de ciúmes – ela desconfiava que era traída por Samuel e as discussões eram frequentes.

A suspeita é de que Diene tenha sido morta nos últimos dias de 2021, mas o corpo só foi encontrado no fim de semana. Samuel Bezerra, de 26 anos, se apresentou por livre e espontânea vontade e, durante depoimento ao delegado Herculano Abreu, disse que matou Diene com uma facada no peito e alegou legítima defesa.

Em princípio, Samuel irá responder em liberdade por feminicídio

Fonte:Massa News/Obemdito

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima