Animais morrem carbonizados em queimadas na área de preservação ambiental em Quedas do Iguaçu

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Continuam os trabalhos em Quedas do Iguaçu para conter o avanço do incêndio na área de preservação, nesta quarta-feira (29).

Além da queimada na vegetação, as chamas também matam animais que moram na mata. Imagens registradas pela Defesa Civil de Quedas do Iguaçu mostram um macaco e um tatu carbonizados.

Na terça-feira (28) a estimativa era que aproximadamente 600 hectares de área nativa já foram atingidos pelo fogo. As chamas já atingiram a mata, plantações e se aproximaram casas. Ainda não foi calculado o valor do prejuízo deixado e a Polícia Civil investiga possível motivação criminosa.

A Operação para contenção das chamas na trata-se de uma “Força-Tarefa”, uma integração entre várias Instituições. Hoje mais Bombeiros Militares reforçam a operação.

O efetivo de Bombeiros de Cascavel, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Pato Branco e Francisco Beltrão, e também a participação efetiva e muito importante da Prefeitura Municipal de Quedas do Iguaçu com o apoio logístico de caminhões pipa, maquinários, e também com um efetivo da Defesa Civil.

Mais bombeiros foram deslocados à região de Quedas do Iguaçu nesta quarta (27).

O Batalhão de Operações Aéreas da PMPR usara helicóptero com equipamento especializado para o combate a incêndios ambientais, o “Heli-Balde”, o que otimizará a efetividade do trabalho da Operação. A aeronave atuará nos focos com maior dificuldade de acesso, em áreas distantes e de mata fechada, onde as equipes a pé tem mais dificuldades de alcançar. O ataque a esses focos será aéreo com utilização da água do Rio Iguaçu e despejo diretamente sobre os focos das áreas nativas.

Fonte:CATVE

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima