Mundo

Em discurso de reeleição, Emmanuel Macron tenta falar com todos os eleitores e diz que quer tornar França uma ‘nação ecológica’

em-discurso-de-reeleicao,-emmanuel-macron-tenta-falar-com-todos-os-eleitores-e-diz-que-quer-tornar-franca-uma-‘nacao-ecologica’
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


O presidente francês afirmou que ‘a raiva e os desentendimentos’ dos eleitores que escolheram a sua rival precisam encontrar respostas. Macron vence Le Pen e garante novo mandato na França
Reeleito com com cerca de 58% dos votos, de acordo com as projeções, o presidente da França, Emmanuel Macron, fez um discurso de vitória em que tentou conciliar todos os eleitores do país neste domingo (24).
Compartilhe pelo WhatsApp
Compartilhe pelo Telegram
Os franceses confiaram neste domingo (24) um novo mandato de cinco anos ao centrista, que venceu Marine Le Pen, da extrema direita.
LEIA TAMBÉM
Eleições na França: entenda como a extrema direita chegou mais perto do poder
Confira as principais propostas de Macron na campanha de reeleição
Brigitte e Emmanuel Macron durante o discurso de vitória da reeleição, em 24 de abril de 2022
Bertrand Guay/AFP
Segundo estimativas iniciais, o candidato do partido Em Marcha, de 44 anos, obteve entre 57,6% e 58,2% dos votos
Em seu primeiro discurso, ele tentou fazer menções aos diferentes grupos de eleitores:
os que votaram nele para evitar o projeto de extrema direita representado por Le Pen; a esse grupo, afirmou que tem consciência que a escolha por ele o torna depositário do apego à República;
aqueles que se abstiveram: Macron afirmou que o “silêncio” desses eleitores também tem significado;
aos eleitores de Le Pen; segundo Macron, ele precisa governar para todos em volta, e a raiva e os desentendimentos precisam encontrar respostas.
Os próximos cinco anos, disse ele, não serão uma continuidade dos cinco primeiros.
Emmanuel Macron em seu discurso de vitória, em 24 de abril de 2022
Thomas Coex / AFP
Macron disse duas vezes que seu projeto é transformar a França em uma nação ecológica.
“Serei exigente e ambicioso, temos muito a fazer. A guerra na Ucrânia está aí para lembrar que a França deve levar sua voz e a clareza de suas escolhas e reconstruir sua força em todos os domínios, e nós faremos isso”, disse ele.
Veja os vídeos mais assistidos do g1

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima