Mundo

Governo dos EUA vai aguardar avaliação de cientistas para decidir se recorre de decisão que libera máscaras nos voos

governo-dos-eua-vai-aguardar-avaliacao-de-cientistas-para-decidir-se-recorre-de-decisao-que-libera-mascaras-nos-voos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Uma juíza federal decidiu que o órgão de controle de doenças extrapolava sua autoridade ao exigir o uso de máscaras. Imagem de passageiros em um voo com origem em Nova York em maio de 2020
Eleonore Sens / AFP
O governo do presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, afirmou nesta terça-feira (19) que vai recorrer de uma decisão da Justiça do país que determinou o fim da obrigatoriedade em voos caso os dirigentes dos serviços de saúde consideram isso importante.
Biden respondeu a uma pergunta sobre esse tema nesta terça-feira, ele disse que são os viajantes que devem decidir se vão usar máscaras ou não.
Leia também
EUA não vão exigir máscaras em voos, trens, metrô e ônibus
A resposta dele é incompatível com o que o Departamento de Justiça afirmou. Em uma nota, o órgão disse que vai recorrer da decisão da juíza Kathryn Kimball Mizelle. Ela determinou que os Centros para Controles de Doenças (CDC, na sigla em inglês) não têm autoridade para determinar a obrigatoriedade de máscaras em voos, vagões de trens e ônibus.
EUA não vão exigir máscaras em voos, trens, metrô e ônibus
“Se os CDC concluir que a obrigatoriedade da máscara ainda é necessária para a saúde pública, o Departamento de Justiça vai recorrer da decisão”, disse o órgão.
Apesar do fim da obrigatoriedade, o CDC ainda recomenda o uso de máscaras.
Veja os vídeos mais assistidos do g1

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima