Mundo

Suprema corte do Peru aprova recurso para que ex-presidente Fujimori saia da prisão

suprema-corte-do-peru-aprova-recurso-para-que-ex-presidente-fujimori-saia-da-prisao
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


O ex-presidente, de 83 anos, governou o país entre 1990 e 2000. Ele foi condenado a 25 anos de prisão por abusos de direitos humanos. Ex-presidente peruano Alberto Fujimori deixou a clínica onde estava internado, em Lima, após indulto
Eddy Ramos /Agencia Andina
O Tribunal Constitucional do Peru, mais alta corte do país, aceitou nesta quinta-feira (17) um recurso da defesa do ex-presidente Alberto Fujimori para que ele possa deixar a prisão.
“O tribunal declarou procedente o pedido de habeas corpus em favor de Fujimori”, informou a Justiça em um comunicado.
O ex-presidente, de 83 anos, governou o país entre 1990 e 2000. Ele foi condenado a 25 anos de prisão por violações dos direitos humanos.
Uma fonte judicial disse à agência de notícias France Press que a decisão permite a libertação do ex-presidente nos próximos dias.
Não é possível recorrer às decisões deste tribunal.
Crimes contra a humanidade
Fujimori foi condenado por crimes contra a humanidade e corrupção. Ele foi considerado responsável por dois massacres no país:
o de Barrios Altos (1991)
e o de La Cantuta (1992)
Nas duas ocasiões, durante sua presidência, um esquadrão da morte do exército organizou supostas operações antiterroristas que resultaram na morte de 25 pessoas – entre elas uma criança.
Preso desde 2007, ele sofre de problemas respiratórios e neurológicos e hipertensão. No ano passado ele foi internado e passou por uma cirurgia cardíaca.
Em 2017, ele chegou a receber um indulto do então presidente Pedro Paulo Kuczynski, que havia sido anulado por um juiz peruano.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima