Mundo

Ucrânia diz que 7 mil militares russos morreram na guerra; Rússia contabiliza 498

ucrania-diz-que-7-mil-militares-russos-morreram-na-guerra;-russia-contabiliza-498
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Ministério de Defesa russo divulgou o balanço pela primeira vez nesta quarta, sétimo dia do conflito, após presidente ucraniano citar milhares de baixas. O Ministério da Defesa da Rússia afirmou nesta quarta-feira (2) que 498 soldados russos já morreram na Ucrânia desde a última quinta-feira (24), o presidente Vladimir Putin autorizou suas tropas a entrarem no território ucraniano para realizar o que ele chamou de “operação militar especial”.
Neste mesmo dia em que a guerra completa uma semana, o militar Oleksiy Arestovich, conselheiro do presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy, afirmou em um comunicado televisionado que 7 mil russos haviam sido mortos e centenas capturados em seu território.
O porta-voz da Defesa russa, Major Igor Konashenkov falou pela primeira vez em números de militares atingidos e negou que suas tropas tenham tido “perdas incontáveis”. Ele também forneceu um balanço das tropas ucranianas atingidas: mais de 2.870 soldados mortos, cerca de 3.700 feridos e 572 capturados. Os dados ainda não foram confirmados pelo governo da Ucrânia.
ACOMPANHE EM TEMPO REAL AS NOTÍCIAS SOBRE A INVASÃO RUSSA À UCRÂNIA
VÍDEOS: entenda conflitos entre Rússia e Ucrânia

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima