Mundo

Na ONU, Queiroga cita a vacinação como causa da redução de mortes por Covid-19

na-onu,-queiroga-cita-a-vacinacao-como-causa-da-reducao-de-mortes-por-covid-19
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Queiroga falou durante assembleia para acesso universal às vacinas. Ministro também abordou a vacinação de crianças no país, sem citar o fato de que o governo federal tentou atrasar a imunização desse público. Em discurso na ONU, ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, citou as vacinas contra a Covid-19 como um dos motivos para a queda nas mortes causadas pela doença. Foto mostra o ministro falando na assembleia nesta sexta (25).
Reprodução/YouTube United Nations
Em um discurso na Organização das Nações Unidas (ONU) nesta sexta-feira (25), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, citou as vacinas contra a Covid-19 como um dos motivos para a queda nas mortes causadas pela doença.
“Durante os últimos 6 meses, tivemos uma redução significante de mortes, incluindo com a delta e a variante ômicron. Isso só foi possível por causa da força no nosso sistema de saúde e o sucesso da estratégia de aquisição de vacinas”, disse o ministro.
Queiroga diz que não há emergência em vacinar crianças de 5 a 11 anos
Comissão do Senado convoca Queiroga a explicar nota técnica contrária à vacina e demora na imunização infantil
O ministro falou durante uma assembleia para discutir o acesso universal às vacinas contra a doença. Enquanto o Brasil tem mais de 70% da população com duas doses, apenas 8 dos 54 países africanos atingiram a marca de 40% da população vacinada – que era a meta estabelecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para dezembro do ano passado.
“Desde janeiro deste ano, crianças de 5 a 11 anos também foram incluídas, e mais de 29% delas foram vacinadas”, também disse Queiroga, sem citar o fato de que o governo federal tentou atrasar a imunização desse público.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima