Mundo

Equador declara obrigatória vacinação contra Covid-19 para toda a população

equador-declara-obrigatoria-vacinacao-contra-covid-19-para-toda-a-populacao
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp


Imunização só não será obrigatória para pessoas que tenham alguma contraindicação médica, que devem apresentar comprovação. Ministério da Saúde argumentou que a decisão tem base na Constituição. Funcionário prepara vacina contra Covid para aplicação em jovem em Quito, no Equador, em foto de 13 de setembro
Rodrigo Buendia/AFP
O Equador, sétimo país da América Latina com mais mortes pela pandemia do coronavírus, declarou obrigatória a vacinação contra a Covid-19, devido à presença da variante ômicron, informou nesta quinta-feira (23) o Ministério da Saúde.
A imunização anticovid não será obrigatória, porém, para pessoas que tenham alguma contraindicação médica, que devem apresentar comprovação, esclareceram as autoridades.
O Ministério da Saúde argumentou que a decisão tem base na Constituição, que estabelece que a saúde é um direito que deve ser garantido pelo Estado.
A Lei Orgânica da Saúde indica que o Executivo tem competência para “declarar a obrigatoriedade das imunizações contra determinadas doenças, nos termos e condições que a realidade epidemiológica nacional e local exigir”, afirmou a pasta.
Cerca de 69% dos 17,7 milhões de habitantes do Equador receberam o esquema vacinal completo de duas doses. Além disso, 900 mil pessoas receberam também a dose de reforço.
Para combater o aumento de casos após a detecção da variante ômicron há uma semana, o país impôs a exigência de apresentação da carteira de vacinação para entrar em eventos públicos, restaurantes, shopping centers, cinemas e teatros. Também reduziu a capacidade máxima nesses espaços para 50%.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima