Total de mortes pela ômicron salta para 7 no Reino Unido

total-de-mortes-pela-omicron-salta-para-7-no-reino-unido
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Na última segunda-feira, país registrou a primeira morte no mundo pela nova cepa do coronavírus. Houve mais de 10 mil casos da variante entre os britânicos nas últimas 24 horas, chegando a um total de quase 25 mil. O total de mortes causadas pela variante do coronavírus ômicron no Reino Unido saltou para sete, segundo informaram neste sábado (18) autoridades de saúde britânicas. O número se refere a balanço de quinta-feira, de acordo com a UKHSA, agência de segurança de saúde do país.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
A primeira morte de Covid-19 confirmada no Reino Unido e no mundo por infecção da nova cepa tinha sido anunciada na última segunda-feira (13).
O número de casos da variante entre os britânicos aumentou em pouco mais de 10 mil nas últimas 24 horas, chegando a quase 25 mil. O total de hospitalizações também cresceu de 65 para 85 até quinta, ainda segundo as autoridades de saúde britânicas.
LEIA TAMBÉM
ÔMICRON: Quais são os sintomas da nova variante comparados aos das anteriores
VACINAS: Como farmacêuticas avaliam impacto da nova variante e se preparam para agir
INFLUENZA OU COVID: Especialistas comparam sintomas e formas de contágio
Ômicron: o que se sabe sobre nova variante detectada na África do Sul
Variante poderá ser dominante
Nos Estados Unidos e na Europa, autoridades já esperam que a ômicron seja a variante dominante em algumas semanas. Segundo a OMS, a nova cepa já foi identificada em 89 países.
Em Londres, nesta sexta-feira, metade dos casos recém-notificados de Covid-19 tinham sido causados pela ômicron. Na África do Sul, onde ela foi detectada inicialmente, a variante já responde por mais de 90% dos casos da doença.
No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou, na sexta-feira, 19 casos da ômicron, sem registro de mortes.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima