Destaque, Outras Notícias, Toledo

Toledo é líder estadual per capita em geração de empregos no 1º quadrimestre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Em termos proporcionais, Toledo obteve, no primeiro quadrimestre deste ano, o melhor resultado em geração de empregos formais entre os 21 municípios paranaenses com mais de 100 mil moradores. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta segunda-feira (6) pelo Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), houve, nos quatro primeiros meses deste ano, 11.812 admissões e 9.652 desligamentos na Capital Paranaense do Agronegócio, um saldo de 2.160 novos postos de trabalho ou 15.142,49 para cada 1 milhão de habitantes.

 

Neste quesito, o “Top Five” conta ainda com Araucária (14.123,13), Pinhais (10.060,68), Cascavel (8.729,20) e Curitiba (8.530,63). Em números absolutos, Toledo está na quinta posição, atrás de Curitiba (16.623), Maringá (3.027), Cascavel (2.901) e São José dos Pinhais (2.709).

 

Dos 1.610 novos empregos gerados em Toledo, 1.437 (4.767 admissões/3.330 desligamentos) foram gerados pelo setor de serviços, 390 (1.221/831) pelas empresas de construção, 380 (3.277/2.897) pelas indústrias, e 28 (203/175) pela agropecuária. O comércio teve saldo negativo de 75 (2.344/2.419).

 

Abril

No quarto mês de 2022, Toledo criou 79 novos empregos (2.327 admissões e 2.248 desligamentos), um saldo per capita de 553,82 novos postos de trabalho para cada 1 milhão de habitantes, o 15º maior entre municípios do Paraná com mais de 100 mil habitantes. Em números absolutos, Toledo ocupa a 16ª posição nesta lista.

 

O setor da construção foi responsável por 60 (293 admissões/233 desligamentos) dos 79 novos postos de trabalho criados em abril no município. Os setores de comércio, serviços e agropecuária tiveram, respectivamente, superávit de 54 (572/518), 42 (807/765) e 9 (48/39). As indústrias demitiram mais do que contrataram: saldo negativo de 86 (607/693).

 

Agência do Trabalhador

Os resultados por Toledo obtido na geração de empregos nos quatro primeiros meses de 2022 só tendem a melhorar. Para se ter uma ideia, a unidade local da Agência do Trabalhador intermediou em maio a contratação de 391 pessoas, o segundo maior quantitativo de todo o Paraná, atrás de Pato Branco (413) e à frente de Cascavel (339), Umuarama (297) e Francisco Beltrão (285).

 

De janeiro a maio, o órgão já encaminhou 1.507 trabalhadores que foram admitidos por empresas do município. “Tudo indica que vamos superar em 2022 os números do ano passado, quando intermediamos a contratação de 2.198 pessoas, o qual já foi bastante expressivo, pois em 2020 apenas 541 encaminhamentos foram realizados”, avalia diretor de Políticas de Emprego e Relações do Trabalho da Secretaria do Agronegócio, de Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico  e gerente da unidade local da Agência do Trabalhador, Rodrigo Souza. “Essa quebra de recorde se deve a uma mudança na metodologia de atendimento, o que inclui a implantação de um canal de interação via WhatsApp e o ‘Currículo Top’, uma plataforma que aumenta os níveis de empregabilidade do candidato e nos permite ter dados para encaminhá-lo para uma vaga que preenche o seu perfil”, pontua.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima