Destaque, Outras Notícias, Toledo

Inclusão: Crianças com deficiência recebem equipamentos da Smed

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

As crianças com deficiência atendidas pela rede municipal de ensino receberam, nesta semana, cadeiras de rodas e carteiras adaptadas às necessidades dos educandos para uso durante o período de permanência na unidade educacional que frequentam. Confeccionadas sob medida, o equipamento vai auxiliar na postura dos estudantes e gerar mais conforto durante os estudos e atividades nas escolas, centros municipais de educação infantil (Cmei’s), nas salas de recursos multifuncionais ou no Centro Integrado de Políticas Educacionais (Cipe).

No total, a Prefeitura de Toledo, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), adquiriu 23 equipamentos e o investimento aproximado foi de R$ 113 mil.  De acordo com a secretária da pasta, Marli Gonçalves Costa, a integração dos educandos com deficiência  é facilitada com o mobiliário. “Elas foram prescritas por profissionais especializados de forma a adequar-se aos casos específicos. Foram feitas na medida dos alunos que vão utilizar, facilitando a acessibilidade e oferecendo segurança para os estudantes”, explica.

Para a coordenadora da Educação Especial, Patrícia Fabiane Schnorenberger, a aquisição dos equipamentos foi orientada por profissionais especializados. “Esses instrumentos auxiliarão essas crianças no processo de ensino e aprendizagem, pois possibilitam a equidade com os demais alunos”. Patrícia ainda lembrou que todas as ações em prol da educação inclusiva contam com o apoio do Núcleo de Estudo e Atendimento à Diversidade e Inclusão (Neadi).

Uma das beneficiadas foi a aluna da Escola Municipal Tancredo Neves, Carolina Escher de Santana, de 10 anos. Para a mãe, Sheila Escher, ver a filha interagindo com outras crianças no ambiente escolar é algo encantador. “É fantástico. Sempre pensamos na socialização, na convivência com as outras crianças, e nesse contexto a Carol está gostando muito, pois observa e sente o mundo que está a sua volta de uma forma diferente”.

Sheila ainda acrescenta que socialização é o grande ganho que a escola propicia, pois proporciona uma grande variedade de experiência nas diversas áreas. Além disso, a disponibilidade do equipamento representa um ato de muito carinho e amor. “É de fundamental importância o uso de uma cadeira de rodas feita de acordo com as medidas e as necessidades da Carolina, pois isso evita lesões futuras devido a má postura”, explica.

Sheila, além de mãe da Carol, é também sua professora de atendimento à diversidade e inclusão (PADI). Ela explica que Carolina tem epilepsia refratária de difícil controle e sofre com crises diariamente e para qualquer outro professor, mesmo PADI, seria muito difícil o atendimento durante as convulsões. “É importante para mim poder fazer isso e auxiliar nessas situações”.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima