Destaque, Paraná, Toledo

Prefeitura de Toledo entregou maior obra de reurbanização da história do município

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

A comunidade de Bom Princípio do Oeste festejou a entrega das intervenções realizadas no distrito. A entrega oficial das melhorias aconteceu no domingo (26). Foi realizado um culto ecumênico na Capela Nossa Senhora das Graças, às 10h30, e matinê dançante animada pela Banda Savana às 15h no salão da associação de moradores do distrito. A cerimônia contou com a presença de autoridades, moradores e lideranças comunitárias e celebrou a entrega da maior obra de reurbanização da história do município.

Durante a inauguração, o prefeito Beto Lunitti destacou a importância da obra, a maior dessa natureza realizada no município. “É um grande dia! Inauguramos uma obra realizada com toda a qualidade, de acordo com o que esta comunidade merece. Parabéns a Emdur [Empresa de Desenvolvimento Urbano e Rural de Toledo] iniciou este trabalho em 2021. Mais de 12 meses de intervenções. Gratidão a todos os envolvidos”, comemorou o prefeito. Lunitti ainda agradeceu ao empenho dos vereadores e do seu vice, Ademar Dorfschmidt, e explicou detalhes sobre o trabalho iniciado ainda em sua primeira gestão (2013-16), com a Lei que tornou a localidade um distrito.

Durante o ato, Dorfschmidt destacou os benefícios para a comunidade. “Esta urbanização tão esperada pela população valoriza os imóveis, oferece mais qualidade de vida aos moradores, que não sofrerão mais com a poeira ou com barro, e dá uma nova cara ao lugar que, no início do processo de colonização, foi nossa conexão com Cascavel, com hotéis e restaurantes ali instalados. A criação do distrito foi um passo importante e estas melhorias lhe dão o valor que ele merece”, avaliou.

Investimentos – As intervenções urbanísticas em Bom Princípio do Oeste demandaram investimentos na ordem de R$ 5.510.836,05, obtidos por meio do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), da Caixa Econômica Federal e da contribuição de melhorias paga pelos proprietários. O projeto, executado pela Empresa de Desenvolvimento Urbano e Rural de Toledo (Emdur), contempla, entre outras obras, pavimentação (43.996,87 metros quadrados) e recape asfáltico (12.658,74 metros quadrados), e implantação de galerias pluviais (4.721 metros lineares com 400 e 600 milímetros de diâmetro), guias (11.753,92 metros lineares) e bueiros (152 unidades).

Ao todo, 12 ruas serão contempladas com as obras: 25 de Julho, São João, Matelândia, 7 de Setembro, Manuel Ribas, Ipira, Paraná, Conceição, Arapongas, Quatro Pontes, Criciúma e Mara Lúcia. A via principal do distrito, a Avenida 1º de Maio, também receberá 820 metros quadrados de passeio padrão, 1.434,51 metros quadrados de ciclovia, 714,68 metros quadrados de plantio de grama, sete lixeiras e sete bancos de concreto.

Elevado à condição de distrito em 2016, Bom Princípio do Oeste foi por muito tempo a principal conexão com Cascavel, sendo um ponto de passagem, entre o final da década de 1940 e a década de 1950, dos primeiros moradores de Toledo que eram atendidos por hotéis e restaurantes instalados no pequeno vilarejo. “Estas obras fazem justiça à importância histórica desta comunidade. Os moradores aguardavam essa intervenção há muito tempo e agora, além de valorizar seus imóveis, poderão ter mais qualidade de vida, sem sofrer mais com a poeira ou com o barro”, avalia o secretário de Planejamento, Habitação e Urbanismo, Neuroci Antonio Frizzo.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima