Destaque, Outras Notícias, Toledo

Toledo é pioneiro em promover qualificação profissional de artistas no interior

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Começaram no último domingo (08) as oficinas de qualificação profissional promovidas pela Secretaria de Cultura de Toledo. Realizadas em parceria com o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões no Estado do Paraná (Sated/PR), o ‘Oficinão de Saberes’ contempla 20 servidores da pasta e 40 trabalhadores da comunidade artística toledana. As formações seguem até a quinta-feira (12) e Toledo é um dos primeiros municípios a contar com essa atividade.

Ministradas por especialistas renomados em nível estadual e nacional em suas áreas, o evento tem sido acompanhado também pelo presidente do Sated/PR, Adriano Esturilho, que dentre as programações em Toledo, foi recebido pelo prefeito Beto Lunitti na tarde da segunda-feira (10). Durante o encontro, que contou também com a presença da secretária de Cultura, Rosselane Giordani, e representantes do setor cultural, Esturilho destacou que esta é a primeira formação presencial realizada neste período de pandemia e a intenção com o trabalho é profissionalizar os artistas e trabalhadores da área.

De acordo com o presidente, é preciso qualificar os profissionais para futuramente cobrar essa expertise, a partir do registro profissional emitido pela Delegacia Regional do Ministério do Trabalho e Previdência  (DRT), oferecendo segurança e garantias para os técnicos e agentes culturais. “Uma das palestras é justamente sobre a importância deste documento. Apenas quem tem a formação pelo Sated consegue este registro”. Adriano ainda destacou a forma de alguns segmentos da cultura em Toledo. “A dança é muito forte em Toledo e o foco é potencializar ainda mais. Fizemos questão de estar aqui, acompanhando este processo e alinharmos todos os detalhes”.

Diante da fala do representante do Sindicato, o prefeito Beto Lunitti reafirmou a visão da atual gestão para a Cultura. “Aqui ela é encarada como política pública. Estamos fomentando os artistas locais por meio de chamamentos públicos, para que ocupem os espaços, além de realizarmos uma grande reestruturação dos espaços culturais”. Lunitti informou sobre os trabalhos para conclusão da caixa cênica do Teatro Municipal e as reformas do Museu Histórico Willy Barth e do Centro Cultural Oscar Silva, que abriga a Biblioteca Municipal. “Estamos empenhados em oferecer bons espaços, com muita qualidade para nossos artistas. Quero também destacar que aqui acreditamos na seriedade das entidades representativas e elas são sempre muito bem vindas neste Gabinete, desde que tenham o interesse em somar”.

Para a secretária de Cultura, Rosselane Giordani, o objetivo da capacitação dos trabalhadores do setor cultural e dos servidores municipais, totalizando 42 horas de formação, está sendo atingido. “Temos gente ligada à dança, artes cênicas, circo e pessoas que trabalham na organização de eventos em nosso município. É algo bastante abrangente e nós entendemos que este primeiro momento, além de ser uma oportunidade de crescimento profissional, é histórico, pois pela primeira vez os servidores municipais da Cultura são capacitados em sua área de atuação e vai servir para sua progressão de carreira”.

Rosselane ainda acrescenta que o aperfeiçoamento vai fortalecer a cadeia produtiva cultural. “Dentro do território a política cultural ganha alicerce”. A secretária também destacou que já está programado para o segundo semestre mais um ciclo de capacitação para os servidores da Secretaria de Cultura. “Este novo momento será a partir de um projeto de extensão da Unioeste/Campus Toledo, por meio do programa de educação inclusiva da universidade, capacitando nossos professores e servidores para o trabalho a partir de metodologias de ensino voltados às pessoas com deficiência (PCD’s) ou algum tipo de atendimento especializado para os alunos com autismo, síndrome de down, deficiência visual entre outras situações. Com isso avançaremos na política de cultura e podendo incluir todas as pessoas”.

Além do presidente do Sated, participaram do encontro o assessor Luan de Souza e os representantes da Comunicação Stella Maris e Roberto Skora, representantes do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) e servidores municipais da Cultura.

Aprimoramento – Além de tratar sobre a importância do DRT, os artistas participaram das oficinas de Sonorização (com Jo Mistinguett); Iluminação (Guilherme Mendes Muniz); Figurino e Adereços (Paulo Vinícius); Maquiagem (Marcelino de Miranda); e Cenografia e Cenotécnica (Paulo Vinícius).

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima