Destaque, Esportes, Toledo

JOJUPS e JAPS: Representantes do IPCE visitam Toledo para vistoriar estruturas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Toledo vai receber duas competições oficiais promovidas pelo Governo do Paraná em 2022. Considerada uma das melhores estruturas esportivas do estado, o município possui expertise na organização de grandes eventos e sediará, em julho, a fase regional dos Jogos Abertos do Paraná (JAPS) e, em setembro e outubro, a fase final dos Jogos da Juventude do Paraná (JOJUPS). Milhares de atletas, além de dirigentes e equipes de arbitragem e organização devem vir a Toledo para os eventos.

A fase final dos JOJUPS acontece de 16 a 18 de setembro e 7 a 9 de outubro. Para realizar a vistoria referente às estruturas, nesta segunda-feira (09), o município recebeu o coordenador de Esportes de Rendimento do Instituto Paranaense de Ciência do Esporte (IPCE), Emerson Venturini, o Milico, e o chefe do Polo Regional do Esporte, o qual abrange Toledo, Roberto Costa Cabral. Os representantes do esporte no Paraná foram recebidos pela equipe da Secretaria de Esportes e Lazer e pelo prefeito Beto Lunitti.

Durante o encontro, Cabral destacou a importância de Toledo no cenário do esporte paranaense. “Existe sempre o interesse em trazermos jogos oficiais para cá. Teremos uma regional de JAPS, envolvendo os municípios da Região de Foz do Iguaçu, Toledo e demais municípios da abrangência do Polo Regional 11, além da final dos JOJUPS. Nossa intenção é poder contar com Toledo ainda mais, inclusive a Secretaria de Esportes e Lazer já se propôs a sediar mais competições no ano que vem. Essa disponibilidade e competência faz com que o município seja nosso parceiro”.

A boa estrutura esportiva também foi apontada por Venturini como um dos fatores para a escolha de Toledo para sede de jogos oficiais. “Toledo possui estruturas próprias, depende muito pouco da iniciativa privada para sediar e isso faz toda a diferença. Temos, em algumas situações, dois ginásios à disposição para uma modalidade e isso é de grande valia”. Milico disse ainda que a proatividade da secretária de Esportes e Lazer de Toledo, Marli Gonçalves Costa, é reconhecida por ele e demais dirigentes esportivos no Paraná.

A questão econômica foi observada por Marli Gonçalves Costa. “Além de gerar economia para os cofres públicos, pois evita o deslocamento da delegação, entre outras situações que envolvem a permanência dos atletas em outro município, tem o retorno financeiro para a cidade por meio da movimentação do comércio local. “A pessoa consome aqui, as equipes de trabalho do estado vão para hotéis e restaurantes, e isso gera renda para estes setores e receitas para o poder público”, comentou.

Lunitti, além de agradecer a escolha e as observações, reforçou o esforço conjunto dos gestores ao longo da história para deixar esse legado. “Hoje Toledo acolhe e promove mais de 70 modalidades de forma direta ou indireta e queremos celebrar tudo isso. Vamos preparar uma grande cerimônia de abertura, pois estamos desejosos de celebrar nossos 70 Anos e o esporte está inserido em nossa programação. Toledo está feliz”. Beto e a equipe aproveitaram para apresentar as logomarcas das competições e as camisetas a serem utilizadas pela delegação toledana.

Abertura – Se pela manhã a reunião foi com os representantes do estado, no período da tarde foi a vez dos servidores municipais das Secretarias de Cultura e Esportes e Lazer e do Gabinete do Prefeito se reunirem para analisar o primeiro esboço da abertura. A cerimônia será realizada no dia 17 de setembro no Ginásio de Esportes Alcides Pan. A previsão é de shows, desfile das delegações, entre outras atrações.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima