Destaque, Notícias, Toledo

Ecoponto: Servidores, entidades e moradores recolheram 45 toneladas de materiais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Os moradores da Vila Paulista contaram com uma importante ferramenta para combater o Aedes aegypti. Uma das regiões com maior número de notificações de casos suspeitos de dengue, conforme dados da Secretaria de Saúde, o bairro recebeu, no sábado (07), o Ecoponto Itinerante, com uma atenção especial para recolhimento de resíduos volumosos com potencial para se tornarem criadouros do mosquito.

Diversas secretarias municipais participaram do trabalho e foram retiradas aproximadamente 42 toneladas de móveis velhos e demais materiais, além de três toneladas de recicláveis que foram destinados à Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Toledo (Acatol). Além dos diversos servidores da Prefeitura, o Grupo Desbravadores Estrela do Oeste, vinculado à Igreja Adventisda do Sétimo Dia, auxiliou na limpeza das margens do Rio Toledo.

De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Júnior Henrique Pinto, a realização do Ecoponto auxilia em diversas situações. “Apesar de termos dado mais enfoque à questão da limpeza, por conta da dengue, a ação em si é transformadora para o bairro. Todas as casas foram visitadas, vistoriamos quintais e espaços públicos, além de realizar a limpeza da margem do Rio Toledo e também o corte de grama do Vale dos Ipês”, comentou.

Durante o trabalho, o prefeito Beto Lunitti destacou o empenho e a presença dos servidores municipais, entre eles secretários, diretores e coordenadores, no trabalho. “São equipes que se somam para mostrar à população que é preciso manter os quintais limpos”. Lunitti ainda agradeceu à comunidade do bairro e aos demais grupos que se apresentaram e contribuíram para o sucesso. “Estamos cuidado na nossa casa maior que é Toledo e ver esta soma de esforços é gratificante”, concluiu.

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima