Destaque, Outras Notícias, Toledo

Toledo fecha 1º trimestre na liderança em ranking de geração de empregos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

No primeiro trimestre de 2022, Toledo obteve, em termos proporcionais, o maior saldo per capita de geração de empregos entre os 21 municípios do Paraná com mais de 100 mil habitantes. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Ministério do Trabalho e Previdência, 2.136 novos postos de trabalho (9.480 admissões e 7.344 desligamentos) com carteira assinada foram criados entre janeiro e março deste ano.

Este número representa uma média de 14.974,24 para cada um milhão de habitantes, à frente de Araucária (13.829,05), Curitiba (8.888,83), Cascavel (7.450,36) e São José dos Pinhais (7.235,81). Em termos absolutos, o município ocupa a quinta posição, atrás de outros municípios com população e produto interno bruto (PIB) bem maiores: Curitiba (17.321), Maringá (2.871), Cascavel (2.476) e São José dos Pinhais (2.381).

Para o superávit de 2.136 empregos obtido por Toledo no primeiro trimestre de 2022, o setor de serviços foi o que mais contribuiu: 1.400 (3.957 admissões e 2.557 desligamentos). Em seguida, aparecem a indústria, com 486 (2.668/2.182), a construção, com 345 (929/584), e a agropecuária, com 26 (155/129); o comércio teve saldo negativo de 121 (1.771/1.892).

Março

No terceiro mês do ano, Toledo teve superávit de 541 novos postos de trabalho, registrando 3.075 admissões e 2.534 desligamentos. Este resultado foi impulsionado pelas prestadoras de serviços (saldo de 370 – 1.226/856), indústrias (102 – 867/765) e do setor da construção (99 – 323/224); agropecuária (30/43) e comércio (629/646) tiveram, respectivamente, saldo negativo de 13 e 17.

Em números absolutos, Toledo obteve a quarta posição, atrás somente de Araucária (1.031), São José dos Pinhais (683) e Maringá (674), e à frente de Cascavel (527). Proporcionalmente, o município que tem o nome da “árvore-símbolo do Paraná” também obteve o melhor desempenho do estado em março: saldo de 7.051,31 empregos gerados para cada 1 milhão de habitantes, sendo acompanhada no “Top Five” por Toledo (3.792,63) e outros três “colegas” de Região Metropolitana de Curitiba: Campo Largo (2.816,27), Fazenda Rio Grande (2.195,99) e São José dos Pinhais (2.075,62)

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima