Destaque, Outras Notícias, Paraná

Temporal com ventos e muito granizo atinge Maripá e deixa cidade irreconhecível

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Um temporal de granizo destruiu lavouras de milho e o centro da cidade de Maripá na noite de ontem.
Após duas horas depois do temporal, o centro da cidade estava irreconhecível. Árvores foram arrancadas, fachadas de comércio danificados, residências tiveram o telhado destruídos.
O Amarelão, como é conhecido o parque de exposição de Maripá, ficou com tendas e expositores completamente danificados.
A festa em comemoração ao aniversário do município iniciou na quinta-feira e deveria se estender até o domingo. É muito provável que a programação seja cancelada, mas a decisão deverá ser tomada neste sábado pela equipe de organizadores e o prefeito Rodrigo Schanoski.
A meses o município se preparava para a grande festa que tem uma enorme tradição na região.
Um veículo novo de uma revendedora de Palotina ficou embaixo da estrutura metálica que caiu com o temporal, danificando o carro que seria exposto a partir da noite de hoje.
Segundo informações do presidente da Câmara Vereadores, Édio Storari, o tradicional Arrancadão de Tratores, que ocorreria neste sábado e domingo (22 a 24 de abril) poderá ser cancelado, haja vista que barracas e arquibancadas montadas para o evento foram todas levadas pelo vento.
O Culto Ecumênico em ação de graças pelos 32 anos de Maripá, junto com a Benção dos Pilotos, marcada para a noite desta sexta-feira (22), já não aconteceu. Apesar dos estragos, não se tem notícia, até o momento, de feridos ou desabrigados.
A praça central estão irreconhecível de tantas árvores ao chão. Os prejuízos são incalculáveis.
Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, a água entrou pelos lustres e alagou o hospital. Vários equipamentos e computadores foram molhados e foi preciso interromper o atendimento.
Populares, que transitavam pela avenida disseram que é a primeira vez que viram algo assim no município.
Praticamente toda a cidade ficou sem energia, com quase 3 mil unidades sem luz, segundo a COPEL. Na região, foram mais de 20 mil unidades que ficaram sem energia devido ao temporal.
A Prefeitura de Maripá iniciou os trabalhos de limpeza, que deve durar dias, pois existe muito trabalho pela frente. Equipes da Defesa Civil, Bombeiros e de Prefeituras vizinhas, como Palotina, também enviaram equipes para auxiliar nos trabalhos.
Fonte:Portal Nova Santa Rosa

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima