Destaque, Paraná

Controladoria-Geral incentiva ouvidoria a ir além do acolhimento ao cidadão

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Em homenagem ao Dia do Ouvidor, nesta quarta-feira (16), a Controladoria-Geral do Estado (CGE) agradeceu os servidores que trabalham nas 75 ouvidorias distribuídas em órgãos e entidades do Governo do Estado. A CGE abriga a Ouvidoria-Geral do Estado e é responsável por coordenar a atividade na administração estadual.

O controlador-geral do Estado, Raul Siqueira, divulgou vídeo em que reforça a nova perspectiva do serviço de ouvidoria. “Seu trabalho é fundamental para a população participar da gestão estadual, mas também é peça-chave para estimular boas práticas na administração e traduzir o que o cidadão espera do Estado”, disse aos ouvidores.

O papel estratégico, que a Ouvidoria passou a exercer a partir de 2019, é fornece dados periódicos para acompanhamento da receptividade das ações oficiais. “A ferramenta mais recente é a CGEOuv+, plataforma disponível no Portal da Transparência, em que são dispostas estatísticas sobre manifestações da população, em tempo real. É um material que auxilia tanto o gestor quanto o controle social”, disse o diretor de Auditoria, Controle e Gestão, Gil Souza.

INOVAÇÃO – Por causa dos avanços conquistados, o controlador-geral e o coordenador de Ouvidoria, Yohhan Souza, também chamado ouvidor-geral, participaram de encontro online promovido pela Controladoria-Geral do município de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (16). O tema do evento, também em homenagem ao Dia do Ouvidor, era “Da inteligência humana à inteligência artificial”. O ouvidor-geral também participou de evento semelhante promovido pela Prefeitura de Paiçandu (SP).

Siqueira relatou que as informações colhidas na Ouvidoria orientaram trabalhos do Programa CGE Itinerante (ouvidoria ativa para estimular o controle social) e de Controle Interno, por meio de Auditorias. “Foi o que aconteceu quando começamos a receber reclamações do ferry-boat. A CGE foi até o local para verificar a prestação do serviço, em Guaratuba, e trabalhou em conjunto com o órgão responsável pelo contrato”, exemplificou.

O coordenador de Ouvidoria da CGE, Yohhan Souza, explicou que os dados disponíveis no portal não contêm informações pessoais e segue a legislação sobre proteção de dados. “Por meio de gráficos, todo gestor pode verificar a quantidade de demandas que seu órgão ou entidade recebeu e, se achar necessário, buscar informações complementares”, explicou.

RESPEITO – Pelo CGEOuv+, percebe-se aumento gradual na procura pelo serviço. Porém, o número mais expressivo é o da redução do tempo médio de resposta ao cidadão. Em 2019, quando o governador Carlos Massa Ratinho Júnior estruturou a CGE, esse indicador era de 36 dias e, atualmente, é de apenas cinco.

Para operacionalizar essa redução foram adotadas algumas soluções tecnológicas, como avisos à Coordenadoria de Ouvidoria, indicando que o prazo para resposta está se esgotando. “Esses alertas permitem que sejam feitas cobranças pontuais e resolvidos entraves à celeridade da resposta ao cidadão”, disse Souza.

O contato com a população também foi facilitado, com a criação do canal de comunicação pelo aplicativo Whatsapp, pelo qual chegam 15% do total das demandas, ultrapassando o uso do telefone gratuito.

SERVIÇO: Fale com a Ouvidoria-Geral.

Pela internet: Registre sua Reivindicação

Pelo telefone: 0800 041 1113

Por WhatsApp: 3883-4014

Por e-mail: ouvidoria@cge.pr.gov.br

Pessoalmente ou por correspondência: na Rua Mateus Leme, nº 2018, Centro Cívico, 80.530-010 – Curitiba/PR (atendimento presencial – de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h).

Fonte:AEN

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima