Destaque, Esportes, Todas Notícias

Chelsea vence o Palmeiras com gol de pênalti e conquista o Mundial

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

O sonho acabou! O Palmeiras lutou, mas não conseguiu derrotar o Chelsea, que venceu, na prorrogação, por 2 a 1, neste sábado, em Abu Dhabi. Com gols de Lukaku e Havertz (de pênalti), os Blues levaram vantagem depois dos 90 minutos e bateram os adversários, que marcaram, também de pênalti, com Raphael Veiga. Os Blues conquistam seu primeiro Mundial de Clubes.

Primeiro tempo equilibrado e Verdão desperdiçando possibilidades

A primeira etapa começou da maneira que se esperava, com os ingleses propondo o jogo e os brasileiros esperando na defesa. Mas foi o Alviverde que arriscou o primeiro chute, aos três minutos, com Danilo, que ficou com a sobra da defesa e tentou o arremate, mas o desvio foi para escanteio. Aos nove, Rony buscou jogada individual, mas finalizou de forma muito errada para fora.

Enquanto isso, o Chelsea tinha dificuldade para furar a defesa palmeirense, que embora se virasse de todas as formas para afastar, não levou tantos sustos. No ataque, aos 26 minutos, o Verdão quase abriu o placar, quando Dudu recebeu pela esquerda, cortou para o meio e chutou na saída de Mendy, mas a bola foi para fora na melhor chance do primeiro tempo para as duas equipes.

Aos 31 minutos, Mount sentiu e Pulisic entrou, melhorando o volume do Chelsea. Três minutos depois, Lukaku quase abriu o placar com um bate e rebate na área que ficou com o goleiro alviverde. Aos 43, Zé Rafael teve uma grande chance de tocar no meio da área em contra-ataque, mas errou o passe. Já no fim, Thiago Silva teve grande liberdade no meio e arriscou de longe para Weverton defender. Foi a melhor chance do clube inglês na etapa inicial.

Chelsea abre o placar, mas o Palmeiras empata de pênalti

O segundo tempo parecia começar como estava sendo o cenário do primeiro, mas o Chelsea acabou retornando como mais intensidade nos primeiros minutos e arriscou com chute de longe de Rudiger aos 3. No entanto, aos 9, em uma das raras falhas da defesa, Kovacic encontrou Hudson-Odoi com espaço para cruzar e achar Lukaku, que subiu mais do que a zaga e abriu o placar.

O Palmeiras sentiu o gol e quase tomou o segundo quando Pulisic tabelou com Lukaku e chutou de forma perigosa. No entanto, aos 15, Thiago Silva colocou a mão na bola dentro da área e o VAR apontou pênalti. Raphael Veiga bateu e empatou para o Verdão., que melhorou na partida e por pouco não faz o segundo também com Veiga, que acabou chutando fraco. Em resposta, os Blues chegaram mais uma vez pelo meio em tabela e Pulisic chutou para fora.

Ambos os técnico fizeram alterações por volta dos 30 minutos da segunda etapa e a partir dali o jogo passou a ser mais cadenciado, ambos com medo de levar o gol e tirar a possibilidade de prorrogação. O Alviverde ainda tentou algumas estocadas, mas sem sucesso, enquanto o Chelsea levava vantagem nas tabelas na entrada da área. Mas o empate persistiu no tempo normal.

Cenário não se altera na prorrogação e Chelsea faz de pênalti para o título

A situação pouco mudou para o primeiro tempo da prorrogação, ou seja, Chelsea se apossou do campo de ataque e da boal, enquanto o Palmeiras ficou retraído esperando um contra-ataque. No entanto, foram poucas as chances que o time de Abel Ferreira teve para poder sair da defesa como gosta.

No segundo tempo da prorrogação, os Blues passaram a pressionar demais e num bate e rebate na área Luan acabou colocando a mão na bola e o VAR aponto pênalti. Na cobrança, Havertz bateu e superou Weverton para fazer 2 a 1 no placar e conquistar o título mundial, que mais uma vez não foi alviverde.

FICHA TÉCNICA
CHELSEA 2 x 1 PALMEIRAS
Local:
 Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi (EAU)
Data-Hora: 12/2/2022 – 13h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Chris Beath (AUS)
Assistentes: Anton Shchetinin (AUS) e Ashley Beecham (AUS)
VAR: Massimiliano Irrati (ITA)
Público: 32.871 torcedores
Cartões amarelos: (CHE) Atuesta e Wesley (PAL)
Cartões vermelhos: Luan, aos 20’/2ºTP (PAL)
Gols: Lukaku (9’/2ºT) (1-0), Raphael Veiga (18’/2ºT) (1-1), Havertz (11’/2ºTP) (2-1)

CHELSEA: Mendy; Christensen (Sarr, no intervalo para a prorrogação), Thiago Silva e Rudiger; Azpilicueta, Kante, Kovacic (Ziyech, no intervalo para a prorrogação) e Hudson-Odoi (Saúl, aos 30’/2ºT); Mount (Pulisic, aos 31’/1ºT), Havertz e Lukaku (Timo Werner, aos 30’/2ºT). Técnico: Thomas Tuchel.

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Marcos Rocha (Deyverson, aos 12’/2ºTP), Danilo, Zé Rafael (Jailson, aos 14’/2ºT) e Gustavo Scarpa; Raphael Veiga (Atuesta, aos 32’/2ºT), Dudu (Rafael Navarro, aos 12’/1ºTP) e Rony (Wesley, 32’/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Fonte:Lance

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Rolar para cima